Reforma e construção não precisa ser sinônimo de problema. A fórmula de sucesso tem como ingredientes: bons profissionais, produtos e atenção às instruções de instalação desses materiais.

O telhado é uma das partes mais importantes de uma edificação, pois ele protege tudo que fica embaixo: móveis, eletrodomésticos, vidas e muitos sonhos.

Preparamos aqui um guia básico de instalação das telhas de fibrocimento. São 7 passos simples que podem evitar muita dor de cabeça.

1- Calcule a inclinação

Calma, não precisa ressuscitar o transferidor das aulas de Trigonometria da escola!

Cada telha Brasilit tem uma especificação no que diz respeito à inclinação. Não vamos entrar em tecnicidades aqui, mas ideia básica é que a cada metro de telhado, você suba um determinado valor em altura.

Por exemplo, ao usar uma telha ondulada Brasilit de 6 ou 8 mm de espessura, é necessário subir no mínimo 9 cm a cada metro. Vejo no esquema abaixo, como é simples garantir a inclinação correta.

2- Verifique a distância entre apoios.

As telhas quanto mais espessas, mais resistentes são! Portanto, para as maiores espessuras é possível usar um espaçamento maior entre os apoios. Exemplificando: uma telha Fibrotex que tem 4 mm de espessura, possibilita um espaçamento máximo entre apoios de 1,15m. Já a telha ondulada de 8 mm permite uma distância máxima entre apoios de até 1,99m.

3- Siga o sentido de montagem

Não adianta ir colocando a olho telha sobre telha. É preciso seguir direitinho o esquema de montagem pra ter certeza de garantir o funcionamento correto do produto. Dê uma olhadinha abaixo. Convenhamos: não é nada de outro mundo, né?!

4- Faça o corte dos cantos

Pra conseguir um encaixe perfeito quando as telhas se encontram, deve ser feito um pequeno recorte nos cantos. Mas de novo, nada de fazer as coisas a olho! Por mais que o instalador seja craque no assunto, seguir as instruções abaixo é a garantia de que você não vai sofrer com uma infiltração ou qualquer outro problema do tipo. Veja no esquema o procedimento correto.

5- Fixe corretamente

Observe no esquema abaixo, que para cada telha temos um local específico para fazer a fixação das telhas na estrutura.

6- Pintura

Já sabemos: você não quer um telhado cinza na sua casa nova de paredes amarelas. Ótimo! Mas nada de “ É só pintar que dá tudo certo”. Antes disso, é preciso limpar bem as duas faces das telhas e tirar todo o pó. Essa ação permite melhor rendimento da tinta e melhor acabamento. Além disso, você precisa usar tinta 100% acrílica e pintar nas duas faces.

7- Não caminhe sobre as telhas

Olha, a gente faz de tudo para trazer para o mercado as telhas mais resistentes. Mas uma coisa é aguentar a água das chuvas, outra é suportar o peso de um adulto fã de arroz, feijão, bife e batata frita. Durante a instalação, utilize tábuas apoiadas sobre a estrutura para dar mais estabilidade e resistência enquanto você caminha de um lado para o outro. E lembre-se de usar todo o equipamento de segurança!